top of page
  • Foto do escritorRita Pereira

Como podemos usar o azul na decoração da nossa casa?

Sabemos que as cores invocam sensações e sentimentos nas pessoas e impactam na forma como nos relacionamos com os espaços.

Na decoração o uso da cor tem uma importância vital na forma como vamos sentir e vivenciar determinado espaço uma vez que influencia o nosso estado de espírito e bem-estar e reflecte a nossa personalidade.

No entanto nem sempre as mesmas cores invocam os mesmos sentimentos em todas as pessoas. Uma cor que para mim representa serenidade pode para outra pessoa lembrar algum acontecimento passado trágico e transmitir-lhe emoções negativas associadas à má recordação que desperta em si.

É por isso que o uso de cores na decoração deve ser sempre analisada e pensada entre profissionais que entendem o comportamento das cores e entre quem vai usufruir do espaço, para que estejam alinhadas com a pessoa.

A COR AZUL

Vários estudos da ciência nos dizem que o azul diminui a frequência cardíaca e respiratória devido ao seu efeito calmante.

É por isso, mais aconselhada para usar em espaços como o quarto ou a sala que invocam momentos de serenidade, calma e contemplação e onde o que procuramos é relaxar e descontrair.

Associada à tranquilidade, calma, confiança e serenidade, a cor azul também estimula a produtividade e a criatividade e, nos tons mais escuros, é muitas vezes usada para acrescentar profundidade a um espaço.

O azul é considerado uma cor “fria”, no entanto, se for bem aplicada e conjugada com outras cores, materiais e texturas, pode aquecer um ambiente.


Contudo, temos de ter cuidado no uso da cor azul na decoração. Quando usado em exagero nos espaços, principalmente os tons escuros, pode provocar sensações contrárias ao esperado, podendo induzir sensações de tristeza, angústia, melancolia e depressão. Por isso é importante ter muita moderação e ponderação na sua aplicação.


Normalmente as pessoas que se identificam com a cor azul são pessoas generosas, bondosas, de coração puro e transmitem equilíbrio e serenidade. Sinceras e muito ligadas à família e aos amigos, são sensíveis e amorosas.


Se gosta da cor azul e quer usar na decoração de sua casa, ficam aqui algumas dicas para o uso do azul, de forma a conseguir ambientes tranquilos, equilibrados e harmoniosos que estejam alinhados com a sua essência.



AZUIS CLAROS

Em espaços pequenos e com pouca luminosidade, o uso de tons claros de azul em conjugação com cores neutras claras como o branco, bege ou cinzas, ajudam a ampliar o espaço e trazem luminosidade ao ambiente. Transmitem sensações de leveza, tranquilidade, serenidade e por isso podem ser usados em quartos, na pintura de paredes ou nos elementos decorativos como roupas de cama ou mobiliário.

Por ser uma cor calmante o seu uso em quartos irá promover um sono tranquilo, permitindo um maior descanso e uma renovação de energias.

Se estiver numa zona climática muito quente, os ambientes com tons azuis claros que invocam as cores do céu e do mar, ajudam a transmitir frescura. É por isso que vemos muitas casas de férias junto à praia decoradas com as cores azuis em vários tons, e isso invoca-nos o ambiente marítimo e a frescura da praia.




AZUIS ESCUROS

Os tons escuros do azul, como o azul royal ou azul marinho, são cores fortes e mais vibrantes e quando usados em exagero nos espaços errados podem tornar-se cansativos e provocar sensações negativas como a tristeza e vazio.

Por isso sugiro o uso dos azuis fortes em divisões amplas e com boa luminosidade, mas sempre com moderação para não tornarem os ambientes demasiado pesados e opressivos.

Podemos usar como destaque numa parede, em papel de parede, em peças de mobiliário que não impactem muito no espaço, em sofás ou pormenores decorativos como quadros, vasos, candeeiros ou almofadas.

Ambientes decorados com azuis escuros transmitem mais sobriedade e formalidade, e estão mais associados à elegância e opulência.

O azul escuro funciona muito bem em conjugação com outras cores como os tons de cinza, fazendo um ambiente mais sofisticado, ou com cores quentes como o amarelo, laranja e vermelho que trazem um grau de calor ao ambiente e fazem ambientes cheios de energia e carisma.




AZUL TURQUESA

O azul turquesa é uma cor complexa de usar. Dependendo do tipo de iluminação presente numa divisão pode adquirir tons mais azuis (luz natural) ou mais esverdeados (luz artificial).

Mas apesar disso esta cor está cheia de potencialidades e une sensações de tranquilidade e relaxamento com energia e vitalidade.

O azul turquesa, também muitas vezes chamado de verde-água por se associar à cor do mar, é uma cor que se conjuga muito bem com várias outras cores diferentes e pode ser usado tanto nos espaços amplos como nos mais pequenos, o que torna o turquesa numa cor muito versátil.

No entanto, não deve ser usado para pintar todas as paredes de uma divisão pois pode se tornar cansativo. O ideal será apostar no seu uso em elementos pontuais, peças decorativas, pequeno mobiliário ou como parede de destaque, e em conjugação com outras cores que o possam fazer sobressair.

Conjugado com cores vibrantes como o vermelho, laranja ou amarelo, por serem cores complementares, fazem combinações estimulantes com grandes contrastes e conferem um resultado cheio de vitalidade aos ambientes.




MADEIRAS

Os azuis em combinação com as madeiras, seja nos tons claros ou escuros, fazem ambientes tranquilos, sóbrios, seguros e modernos.

Azuis claros com cinzas e madeiras claras, criam ambientes com um estilo mais escandinavo e em estreita relação com a natureza, invocada pelo azul do céu e pela madeira, elemento natural.

Azuis escuros com madeiras escuras e exóticas, criam ambientes sofisticados, cheios de personalidade e requintados.




ELEMENTOS DECORATIVOS E PONTUAIS

Para quem tem receio em usar a cor azul em grandes percentagens, pode optar por usar esta cor em pequenos apontamentos de pintura, objetos decorativos como molduras, vasos, quadros, em móveis de pequenas dimensões, como mesinhas de apoio ou mesa de cabeceira, puffs ou banquetas, nos têxteis do quarto ou sala, em tapeçarias ou almofadas.

Podemos usar tons diferentes de azuis no mesmo ambiente, bem como texturas ou padrões geométricos, florais ou listrados.





E agora que já lhe deixei muitas dicas de como pode utilizar a cor azul na decoração de sua casa, vamos experimentar e testar como poderá funcionar num ambiente aí em casa?


Já sabe, na nossa casa construímos as nossas histórias, e eu estou aqui para ajudá-la a construir a sua!

 

@fotografias de inspiração retiradas do Pinterest





74 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


@Pinterest

bottom of page